Voltar

Segurança

Repensar Cibersegurança: Um novo motor de crescimento

Todos os países, cidades, e pequenas e grandes empresas enfrentam desafios não só para permanecerem seguros e atuais mas também para alcançar e sustentar uma excelência duradoura.

0 Comentários
John Stewart
John Stewart

Todos os países, cidades, e pequenas e grandes empresas enfrentam desafios não só para permanecerem seguros e atuais mas também para alcançar e sustentar uma excelência duradoura. Cada um deles procura estar mais à frente de agentes maus que procuram comprometer a sua privacidade e segurança. Da mesma forma, devem ultrapassar os disruptores da indústria que se estão a aproveitar da inovação digital para deslocar pioneiros da indústria. Felizmente, a cibersegurança é a solução para ganhar nas duas frentes. Nesta nova era digital, a cibersegurança fornece as bases críticas que as organizações requerem para se proteger a elas mesmas, possibilitando também mais confiança, movimentações mais rápidas, agregar maior valor e crescimento.

Um estudo recente sobre Cibersegurança como uma vantagem de crescimento, mostra que as empresas estão a começar a entender a mensagem. Cerca de um terço dos executivos de linhas de negócios e finanças que participaram neste estudo vê a cibersegurança como sendo um aliado de crescimento. Adicionalmente 44% vêem a cibersegurança como uma vantagem competitiva. Isto é significativo uma vez que o ambiente empresarial dos dias de hoje exige uma visão alargada da cibersegurança para além do seu papel, já essencial, de defesa. Há muita coisa em jogo. De facto, a Cisco identificou 414 casos de uso digitais baseados em cibersegurança que vão permitir um encaixe de $7,6 biliões nos próximos dez anos. Mais de três quartos deste valor irão surgir a partir do papel essencial da cibersegurança impulsionando a inovação e o crescimento. Isto é $5.8 biliões em Digital Value at Stake. Por outras palavras, a criação de novo valor, ou valor que se irá alterar entre empresas baseado nas suas habilidades para aproveitar capacidades digitais.

A nossa pesquisa revelou que 71% dos inquiridos acreditam que os riscos da cibersegurança prejudicam a inovação das suas organizações. 39% interromperam ações críticas de devido às preocupações com a cibersegurança.

O que é encorajador é que um quarto dos inquiridos está a acelerar no caminho para a segurança motivados por características de uma verdadeira “Security-Led Digital Organizations”. Estas organizações reconhecem que questões relacionadas com cibersegurança podem inibir a inovação e impedir o crescimento, mas elas continuam destemidas. Estas organizações são mais proativas e exigentes em ter cibersegurança a ocupar um papel de liderança no esforço de digitização. Como resultado têm uma vantagem fundamental: mais confiança na sua segurança por três capacidades digitais – Big Data/Analytics, Cloud Computing e Internet of Things. Esta confiança torna os “Secure Digitizers” mais dispostos a identificar ofertas digitais, acelerando assim a inovação e o time to market.

O nível de confiança em cibersegurança destas organizações é particularmente notável quando comparado com as respostas dos nossos inquiridos.

Nenhuma empresa é imune a um ciberataque. Contudo as “Security-Led Digital Organizations” procuram inovação com maior confiança e velocidade devido à sua abordagem proativa e holística à cibersegurança. Isto permite-lhes inovar rapidamente e deter uma maior partilha do seu potencial Digital Value at Skate. De facto, 62% relataram que estão a trabalhar “muito melhor” do que os seus pares na geração de receitas através de novos produtos e serviços.

Esta é a melhor altura para tornar a cibersegurança na nossa própria vantagem de crescimento.

Siga o exemplo das “Security-Led Digital Organizations” para audaciosamente procurar inovação e aumento do seu crescimento na era digital. É hora de “por o pé no acelerador”, com a cibersegurança como motor de crescimento.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *